Uroginecologia e Cirurgia Íntima Feminina - Campinas

A essência feminina se constrói na plenitude: com afetividade, sexualidade, sensibilidade, harmonia, beleza estética. A felicidade e bem estar está em saber buscá-los.

A mulher deseja intimidade, conexão com parceiro, sentir-se desejada e amada, cultivar prazer mútuo com o parceiro, claro que sentimentos e aspectos físicos sexuais são interdependentes, algumas modificações que podem ocorrer na mulher incomodam muito, levando uma perda de autoestima e disfunções sexuais.

Dentre as modificações que mais incomodam estão as perdas de gorduras nos grandes lábios, pequenos lábios "grandes", cicatrizes de episiotomia, escurecimento genital, flacidez vaginal, diminuição de gordura do monte de Vênus, incontinência urinária, prolapso (descida de órgãos pélvicos), e para isso existem cirurgias corretivas.

A perda de autoestima pode ser um dos fatores importantes para o desejo sexual hipoativo que é a perda do desejo sexual, que junto com dispareunia, dor na relação sexual e falta de orgasmo, falta prazer: são os distúrbios sexuais femininos mais frequentes.

O tratamento multidisciplinar com médico, fisioterapeuta e esteticista é muito importante para resgatar a autoestima. O preenchimento dos grandes lábios, labioplastia de pequenos lábios, retirada de cicatrizes, clareamento genital, correção de incontinência e prolapso, tratamento do alargamento vaginal, ampliação do ponto G e criação do ponto H, biomodulação e estética facial e corporal são procedimentos disponíveis para a mulher.

Todas as mulheres podem ser submetidas a esses tratamentos, independente da faixa etária, mulheres Jovens podem ter complexos com o aumento dos pequenos lábios que impedem de usar biquínis, roupas justas, calças mais baixas, mulheres acima de 40 anos percebem redução dos grandes lábios com aspecto vulgarmente de murcho flácidos.

O que é cirurgia íntima vaginal?

Para as modificações impostas pelo envelhecimento ou mesmo para alterações constitucionais e funcionais, a cirurgia íntima apresenta soluções que as resolvem e as atenuam, levando um melhor aspecto estético, funcional e acrescentando bases de um aprimoramento da autoestima e segurança sexual.

Todos os avanços da medicina estética facial e corporal foram aplicados para apresentar a mulher opções de rejuvenescimento genital, biomodulação, redução de volumes, enfim, fazer a mulher se sentir em plena juventude.

A cirurgia íntima feminina também contempla a mulher jovem, com correções de distorção de sua anatomia seja por razões constitucionais, gravidez ou obesidade, devolvendo os parâmetros externos e funcionais da genitália.

A evolução natural do amadurecimento, o envelhecimento intrínseco, gravidez, obesidade, anticoncepcionais, nutrição, tabagismo, álcool, dependência química e até constituição genética impõem modificações na genitália feminina, com redução da elasticidade da pele, redução da hidratação, escurecimento da pele na região genital e partes internas das coxas e virilhas, e redução da gordura subcutânea, produzindo o murchamento da genitália, hipertrofia do pequeno lábio, aumento da gordura localizada na região suprapúbica, cicatrizes decorrentes de partos de perineoplastia, alargamento vaginal e incontinência urinária.

As cirurgias íntimas que podem ser realizadas são labioplastia, redução de gorduras localizadas na área genital, preenchimentos, cirurgias redutoras pós-bariátrica, clareamento (peeling genital), utilização de laser para rejuvenescimento, alargamento vaginal, perineoplastia e correção de incontinência urinária, entre outras.

  • Labioplastia - labioplastia redutora
  • Perineoplastia
  • Vaginoplastia
  • Preenchimento de grandes lábios
  • Hoodplasy clitoriano
  • Frenuloplastia
  • Himenoplastia
  • Amplificação do Ponto G
  • Lipoaspiração de monte pubiano e lipotransferência
  • Laser - epilação, "thigtening"

Perguntas e Respostas

Como funciona a cirurgia íntima no Centro de Vida?

As ginecologias estéticas e estéticas íntima, a partir dos avanços da medicina Estética Facial e corporal, proporcionam soluções que melhoram o aspecto físico e psicológico da mulher. Mudanças naturais sofridas ao longo do tempo, por uso de anticoncepcionais, gravidez, envelhecimento ou mesmo alterações endocrinológicas, nutricionais e obesidade refletem negativamente na sexualidade da mulher.

Como a cirurgia íntima pode ajudar na vida sexual?

Quando a mulher não se sente a vontade com seu parceiro, devido à sua estética íntima, o seu desempenho sexual é afetado.
A cirurgia íntima possibilita uma mudança nesse quadro, proporcionando segurança e melhorias na atividade sexual.

Compartilhe: