Uroginecologia e Cirurgia Íntima Feminina - Campinas

  • O que é próstata e quais são as principais doenças que a atingem?

    O que é próstata e quais são as principais doenças que a atingem ?

    A próstata é um órgão exclusivo do sexo masculino. Está localizada abaixo da bexiga, na frente do reto. Ela envolve a urétra, que conduz para fora a urina que se acumula na bexiga.

    Próstata - Centro de Vida

    A próstata cresce pouco até a puberdade, quando passa a sofrer influências importantes de hormônios masculinos (testosterona/ diidrotestosterona), alcançando cerca de 20g por volta dos 20 anos de idade. Estima-se que, a partir dos 31 anos, ela passa a crescer 0,4 g por ano.

    Está comprovado que o crescimento normal da próstata relaciona-se com o avanço da idade do homem. Entretanto, em caso de câncer prostático ou principalmente de HPB (Hiperplasia Prostática Benigna), esse crescimento se torna acelerado e a próstata pode atingir volumes de 60g a 100g, necessitando de tratamento cirúrgico.

    A glândula prostática tem uma disposição anatômica que a torna estrategicamente perigosa dentro do sistema urinário, pois seu crescimento exagerado (hiperplasia) afeta o diâmetro da uretra, dificultando a passagem da urina e o próprio funcionamento da bexiga, podendo também causar alterações renais importantes.

    Próstata Normal - Centro de Vida Próstata Aumentada - Centro de Vida
    Próstata Normal Próstata Aumentada

    Quando associados à obstrução direta da próstata, esses problemas que alteram o fluxo urinário normal são conhecidos como "sintomas obstrutivos". Entretanto, quando estão relacionados às repercussões negativas deste próprio fluxo urinário anormal sobre a bexiga, são chamados de "sintomas irritativos".

    O importante é reconhecer que tais sintomas urinários estão associados ao aumento de volume da próstata que, por sua vez, pode ser provocado por três tipos principais de problemas:

    • Hiperplasia Prostática Benigna (HPB);
    • Câncer de Próstata;
    • Infecções: prostatite agudas ou crônicas.
  • Quais os sintomas da anormalidade no funcionamento da Próstata?

    A próstata nunca dói. Por isso, só e possível saber se ela está com problemas por meio de exames médicos. O grande segredo para prevenir qualquer doença ou, pelo menos, para minimizar seus problemas, é sempre procurar orientação médica tão logo apareçam seus primeiros sinais e sintomas.
     

    Vale ressaltar também que a partir dos 40 a 45 anos, todo homem deve procurar um urologista anualmente para fazer uma avaliação clínica da próstata, ainda que esteja se sentindo bem e não tenha histórico de câncer na família.
     

    Nos casos de enfermidades da próstata, a conduta é exatamente a mesma: não perder tempo com especulações e procurar imediatamente um médico quando surgirem os seguintes sintomas:

    • Jato urinário cada vez mais fraco;
    • Dificuldade ou demora para iniciar a micção;
    • Necessidade frequente de urinar;
    • Acordar à noite para urinar;
    • Interrupção involuntária do jato urinário;
    • Presença de sangue na urina;
    • Dor ou sensação de queimação durante a micção;
    • Urgência (sensação de que não pode segurar a urina);
    • Sensação de esvaziamento incompleto da bexiga.
  • Quando devo iniciar a prevenção do Câncer de Próstata?

    Pacientes com 40 anos ou mais, que tenham histórico familiar da doença e valores de PSA alterados.

    Prevenção:

    • PSA
    • Toque Retal
       

    Atenção: A Correta interpretação do PSA deve ser feita por médico urologista.

  • Quais são os Tratamentos de Hiperplasia Prostática?

    Tratamentos com Medicamentos:

    • Terapia com alfa - adrenérgicos bloqueadores
    • Supressão androgênica (inibidores da 5 alfa redutase)
    • Tratamento combinado
    • Inibidores da aromatase
    • Fitoterápicos

       

    Tratamentos Cirurgicos:

    • Stentes intraprostatico
    • Transuretral ablação por agulhas
    • Terapia com micro-onda
    • Cirurgia a Laser
    • Ressecção transuretral de próstata
    • Vaporização transuretral da próstata
    • Incisão transuretral da próstata
       
  • O que é Plasma Evaporação e como funciona para Cirurgia de Próstata ?

    O Que é Plasma? O Quarto Estado da Matéria

    cirurgia, próstata, plasma evaporação, plasma


    Uma definição comum de plasma é descrevê-lo como o quarto estado da matéria. Normalmente pensamos em três estados da matéria: sólido, líquido e gasoso. Para um elemento comum, como a água, estes três estados são: gelo, água e vapor. A diferença entre estes três estados está ligada aos seus níveis de energia. Quando adicionamos energia na forma de calor ao gelo, ele derrete e forma água. Ao adicionarmos mais energia, a água evapora-se em hidrogênio e oxigênio na forma de vapor. Ao adicionar mais energia ao vapor, estes gases tornam-se ionizados. Esse processo de ionização faz com que esses gases se tornem condutores de eletricidade. Este gás, eletricamente condutor e ionizado, chama-se plasma.
     

    Como o Plasma Corta o Metal


    O processo de corte a plasma, como usado no corte de metais eletricamente condutores, utiliza este gás eletricamente condutor para transferir energia de uma fonte de alimentação elétrica, através de uma tocha de corte, ao material que está sendo cortado.
    O sistema básico de corte a arco de plasma consiste de uma fonte de alimentação, um circuito de partida do arco e uma tocha. Estes componentes do sistema fornecem a energia elétrica, a capacidade de ionização e o controle do processo necessários para produzir cortes de alta qualidade e de alta produtividade em vários materiais diferentes.
    A fonte de alimentação é uma fonte de corrente contínua CC. A tensão de circuito aberto está, normalmente, entre 240 a 400 VCC. A corrente de saída (corrente) da fonte de alimentação determina a velocidade e a capacidade de espessura de corte do sistema. A função principal da fonte de energia é fornecer a energia correta para manter o arco do plasma depois da ionização.
    O circuito de partida do arco é um circuito gerador de alta frequência que produz tensão CA de 5.000 a 10.000 volts a, aproximadamente, 2 megahertz. Esta tensão é usada para criar um arco de alta intensidade dentro da tocha para ionizar o gás para produzir, desta forma, o plasma.
    A tocha serve como suporte do bico e do eletrodo consumíveis e fornece refrigeração (água ou gás) para estas peças. O bico e o eletrodo constringem e mantém o jato de plasma.
     

    Sequência Operacional de um Cortador a Plasma


    A fonte de alimentação e o circuito de partida do arco estão conectados à tocha através de fios e cabos interconectados. Estes fios e cabos fornecem o fluxo adequado de gás, fluxo de corrente elétrica e alta frequência à tocha para iniciar e manter o processo.


    cirurgia, próstata, plasma evaporação, plasma1. Um sinal de entrada de partida é enviado para a fonte de alimentação. Isso ativa, simultaneamente, a tensão do circuito aberto e o fluxo de gás para a tocha (ver Figura 2). A tensão do circuito aberto pode ser medida do eletrodo (-) para o bico (+). Observe que o bico está conectado ao positivo da fonte de alimentação através de um resistor e um relé (relé do arco piloto), enquanto o metal a ser cortado (peça de trabalho) está conectado diretamente ao positivo. O gás flui através do bico e sai pelo orifício. Neste momento não há arco já que não há caminho de corrente para a tensão CC.


    cirurgia, próstata, plasma evaporação, plasma2. Depois que o fluxo de gás se estabiliza, o circuito de alta frequência é ativado. A alta frequência se divide entre o eletrodo e o bico dentro da tocha de tal forma que o gás é obrigado a passar por este arco antes de sair pelo bico. A energia transferida do arco de alta frequência para o gás causa a ionização do gás, o que o torna eletricamente condutor. Este gás eletricamente condutor cria um caminho de corrente entre o eletrodo e o bico o que resulta no arco de plasma. O fluxo de gás força este arco através do orifício do bico, criando um arco piloto.


    cirurgia, próstata, plasma evaporação, plasma3. Supondo que o bico esteja bem perto da peça de trabalho, o arco piloto se prenderá à peça de trabalho, já que o caminho da corrente para o positivo (na fonte de alimentação) não é restrito por uma resistência enquanto a conexão positiva do bico o é. O fluxo de corrente para a peça de trabalho é sentida eletronicamente na fonte de alimentação. Ao sentir este fluxo de corrente, a alta frequência é desativada e o relé do arco piloto é aberto. A ionização do gás é mantida com a energia do arco de CC principal.


    cirurgia, próstata, plasma evaporação, plasma4. A temperatura do arco de plasma derrete o metal, perfura através da peça de trabalho e o fluxo de gás de alta velocidade remove o material derretido da parte de baixo do kerf cortado. Neste momento, o movimento da tocha é iniciado e o processo de corte começa.
     

    Variações do Processo de Corte a Plasma
     

    Corte a Plasma Convencional

    cirurgia, próstata, plasma evaporação, plasma
    Geralmente este processo usa um único gás (normalmente ar ou nitrogênio), que tanto resfria quanto produz o plasma.A maioria destes sistemas está classificado abaixo de 100 A para cortes de materiais de até 1,58 cm (5/8 pol) de espessura.Usado principalmente em aplicações portáteis.


     

    Corte a Plasma com Duplo Gás

    cirurgia, próstata, plasma evaporação, plasma
    Este processo utiliza dois gases: um para o plasma e outro como um gás de proteção.O gás de proteção é usado para proteger a área de corte da atmosfera, produzindo uma borda de corte mais limpa. Esta é, provavelmente, a variação mais conhecida, pois muitas combinações de gases podem ser usadas para produzir a melhor qualidade de corte possível num dado material.

    Corte a Plasma com Proteção de Água
    cirurgia, próstata, plasma evaporação, plasma
    Esta é uma variação do processo de duplo gás onde a água é substituída pelo gás de proteção.Isso produz um melhor resfriamento do bico e da peça de trabalho, assim como uma melhor qualidade de corte em aço inoxidável.Este processo é apenas para aplicações mecanizadas.


     

    Corte a Plasma com Injeção de Água
    cirurgia, próstata, plasma evaporação, plasma
    Este processo usa um único gás para o plasma e utiliza água injetada radialmente ou distribuída diretamente no arco para melhorar muito a constrição do arco e, portanto, aumentar a densidade e as temperaturas do arco.Este processo é usado de 260 a 750 A para uma alta qualidade de corte de muitos materiais e espessuras.Este processo é apenas para aplicações mecanizadas.

    Corte a Plasma de Precisão
    cirurgia, próstata, plasma evaporação, plasma
    Este processo produz uma qualidade de corte superior em materiais mais finos - menores de 1,25 cm (1/2 pol) - em velocidades mais baixas. Esta qualidade melhorada é resultado do uso da mais recente tecnologia para super constringir o arco, aumentando bastante a densidade da energia.As velocidades mais baixas são necessárias para permitir que o dispositivo de movimento faça o contorno de forma mais precisa.Este processo é apenas para aplicações mecanizadas.

  • Cirurgia de Próstata por Plasma Evaporação X Cirurgia de Próstata a Laser

    Vantagens da Cirurgia de Próstata por Plasma Evaporação:

      

    1. Praticamente não há sangramento, permitindo seu uso em pacientes cardíacos em uso de anti agregante plaquetario (AAS) sem a necessidade de interromper o uso;
     

    2. Segurança para o cirurgião, já que a vaporização é feita com total controle por um elemento de trabalho já consagradas nas ressecções endoscopias clássicas (RTU);
     

    3. Permite deixar a loja prostática totalmente regular;
      

    4. Apenas um dia de internação;
      

    5. Alta no 1 PO sem sonda, portanto diminui risco de infecção;
      

    6. Maior segurança em pacientes com co-morbidades e de alto risco pelo uso de solução fisiológica no ato cirúrgico;
      

    7. Ao usar solução fisiológica não há risco de intoxicação hídrica;


    8. Menor custo por procedimento.

    A Cirurgia de Próstata por Plasma Evaporação pode ser realizada no Hospital Samaritano, Campinas-SP.

  • A quem se destina a cirurgia de Plasma Evaporação?

    A Plasma Botton Vaporização se destina a todos os pacientes que apresentem quadro médico com disfunções na próstata que exijam intervenção cirúrgica, especialmente, hiperplasia benigna de próstata.

  • Entrevista - Como funciona a Cirurgia de Próstata por Plasma Evaporação?

    Entrevista com o urologista Orestes Mazzariol à CBN Campinas sobre a nova técnica de Cirurgia de Próstata por Plasma Evaporação.

    Ouça essa Notícia - Cirurgia de Próstata por Plasma Evaporação

Compartilhe: